|

Entenda o que são os meridianos usados na acupuntura.

| TERAPIAS

A energia vital, que é conhecida na medicina chinesa como Qi, flui no nosso corpo
através dos chamadosmeridianos, presente em todos os órgãos do nosso corpo. São
canais de energia utilizados na acupuntura e em outros métodos terapêuticos da
medicina tradicional chinesa. Assim, através de estímulos em determinados pontos do
meridiano, pode-se reequilibrar as energias do corpo e de órgãos.
Existe uma relação direta entre o corpo e a mente. Causas externas e internas podem
causar o desequilíbrio da nossa energia e, assim, causar alguma reação fisiológica, que
seria a doença.
Para a Medicina Tradicional Chinesa, os elementos da natureza e o corpo têm uma
relação direta, cada um dos elementos principais presentes na natureza (água, fogo,
madeira, metal e terra) está relacionado a um órgão.
Meridianos e os órgãos

Exemplos:

– Fígado: tem função de drenar e regular a energia do nosso corpo e, como a
natureza da madeira é o crescimento, o fígado é, então, pertencente à madeira;
– Coração: tem a função de aquecer, por isso o coração pertence ao fogo;
– Baço: tem a função de transformar e, como a natureza da terra é de produzir e de
transformar todas as coisas, o baço, portanto, pertence à terra;
– Pulmão: tem a função de purificar, e a natureza do metal é justamente a pureza.
Por isso, o pulmão pertence ao metal;
– Rins: têm a função de comandar a água, e como a natureza da água é umedecer,
logo, os rins pertencem à água.

Classificação dos meridianos

Existem várias formas de classificação dos meridianos, por exemplo, a classificação em
Meridianos Yin e Yang.

Zang

Os cinco órgãos yin, também chamados de Zang, são responsáveis pela reserva,
circulação de energia e fluídos corpóreos. Eles também são chamados de órgãos
cheios. Exemplos dos Zang são: fígado, coração, baço, pulmão e rins. Há, ainda, uma
sexta função, conhecida como circulação-sexualidade, que se refere, especificamente,
ao pericárdio.

Fu

Os seis órgãos yang, também chamados de Fu, são vísceras ou órgãos ocos, cujas
funções se parecem com as descritas pela medicina ocidental na transformação de
substâncias e eliminação de toxinas e produtos decompostos. São eles: intestino
delgado, intestino grosso, vesícula biliar, estômago, bexiga e uma função chamada
triplo reaquecedor, responsável pelas funções respiratória, digestiva, gênito-urinária e
pelo metabolismo.

Ordem e fluxo energético

Outro dado importante é que as energias percorrem os meridianos por uma ordem
específica e, também, em um sentido determinado.
A ordem seria: pulmão, intestino grosso, estômago, baço, coração, intestino delgado,
bexiga, rins, pericárdio, triplo aquecedor, vesícula-biliar e fígado.

Na acupuntura, o fluxo da energia segue os seguintes sentidos:

– do tronco para as mãos,
– das mãos para a cabeça,
– da cabeça para os pés,
– dos pés para o tronco (e, novamente, para as mãos).

Basicamente, todas as técnicas e princípios visam o reequilíbrio das energias dos
meridianos e do corpo como um todo.

Comments are closed.

Footer