|

Férias podem causar estresse “Bom e ruim” – por Dr. Jou Eel Jia

| BEM ESTAR

A ansiedade é inerente ao ser humano para que ele possa realizar suas conquistas materiais e espirituais. Podemos dizer que o ser humano é movido pela ansiedade. A ansiedade pode ser boa ou ruim. Ela é ruim quando causa distúrbios mentais, como neuroses e angústias e acaba causando doenças, principalmente as psicossomáticas. Isso porque o excesso de ansiedade leva à angústia e pode desencadear pressão alta, taquicardia, contraturas musculares, como a torcicolo, e distúrbios digestivos, como gastrite e úlcera.

A ansiedade causa estresse em três níveis:

Estresse ‘bom’ ou motivacional

Esse é o chamado estresse motivacional. Acontece quando você quer viajar nas férias, comprar um carro, ou tem uma tarefa a cumprir, como a entrevista que estamos fazendo. Enfim, é o estresse que nos ajuda na realização de grandes conquistas.

Chás calmantes para fase motivacional: chás de valeriana e de melissa.

Estresse de resistência

Quando o estresse motivacional dura muito tempo, o nível de ansiedade fica alto e passamos a ter o estresse de resistência. Esse estresse acontece quando, por exemplo, você vai sair em viagem de férias e surgem problemas, como os enfrentados por quem comprou bilhetes da Varig.

Inicia-se um distúrbio no sistema parassimpático, inclusive durante o sono, que passa a funcionar mal. Esse sistema controla a sudorese e a função digestiva. Aparecem, então, os sintomas de estresse como: dormir mal, olheiras, queda da imunidade, aftas, herpes, gripe, alergia, rugas de expressão – a pessoa estressada franze a testa. Esse estresse de resistência pode durar até mesmo anos. Exemplos: problemas na vida conjugal, no trabalho, na tentativa de passar no vestibular…

Na fase de resistência surgem o cansaço, a letargia, a preguiça, muita desconfiança (como no ambiente de trabalho, por exemplo), a insegurança e a memória fraca. Por isso, não se deve tomar uma decisão importante nessa fase, uma vez que a pessoa não está se sentindo segura. Isso pode acontecer na vida profissional, por exemplo, quando uma pessoa insatisfeita com seu trabalho resolve mudar de emprego. Se ela estiver em um estresse de resistência, poderá se arrepender mais tarde.

Chás para a fase de resistência: chás de cava-cava, erva de São João e maracujá.

Estresse de exaustão

Nesse nível de estresse, acontecem a queda de energia dos rins, a descompensação de energia do fígado, doenças psicossomáticas graves, queda de cabelo, enxaquecas violentas, artrite, doenças autoimunes, impotência, pressão alta, angina e até mesmo infarto. A pessoa se torna extremamente sensível, pode ter crises de choro, raiva, revolta, depressão e autoestima rebaixada.

Na fase de exaustão o recomendado é consultar um médico.

Quer saber maiores informações? Deixe um comentário.

Comments are closed.

Footer